Veículos autônomos em armazéns já são uma realidade!

Veículos autônomos em armazéns já são uma realidade!

Não se trata de ficção científica ou de testes para um projeto futuro. Os veículos autônomos circulam aos milhares em muitos armazéns espalhados pelo mundo e colaboram na movimentação de mercadorias com rapidez, segurança e assertividade.

As grandes empresas investem em soluções autônomas, conhecidas também como IoT, Internet das Coisas, que possibilitam que equipamentos desenvolvam trabalhos a partir de comandos remotos.

Isso significa que você já encontra em grandes armazéns veículos de transporte de produtos que circulam sem motoristas.

Eles são comandados por computadores que os direcionam a coletar, movimentar e estocar produtos, sem a intervenção direta dos colaboradores.

Neste post apresentamos os veículos autônomos que circulam pelos armazéns e como eles facilitam os processos logísticos nas empresas. Continue lendo e confira!

O processo manual de movimentação de mercadorias

Uma das grandes dificuldades dos processos intralogísticos está na separação e armazenamento das mercadorias nos depósitos.

A partir do descarregamento dos produtos, esses precisam ser separados e direcionados aos locais onde ficarão depositados até o momento de sua utilização.

Os enganos são comuns nessa operação, pois não é raro o armazenamento ser realizado em local inapropriado, dificultando a localização e gerando dúvidas, incertezas e estresse junto aos envolvidos.

Afinal, o processo é realizado por seres humanos, que estão sujeitos a problemas e estresses, e, assim como as máquinas, também podem falhar.

Os veículos autônomos na movimentação de mercadorias

Diferente dos processos manuais, os veículos autônomos utilizam registros que conferem as mercadorias, como:

Essa tecnologia permite que um leitor identifique qual é o produto que deve ser movimentado e, através de uma programação previamente estabelecida, destina as mercadorias a um local preparado para esse fim.

Os veículos autônomos, nas soluções mais sofisticadas, recebem os produtos e se dirigem com toda segurança às gôndolas do depósito, servidas de elevadores automatizados, para realizar o armazenamento.

Todo esse processo acontece de forma automática e sem a interferência humana.

Como funcionam os veículos autônomos?

Os veículos autônomos, como já mencionado, não possuem motoristas, ou seja, circulam pelo armazém em limites previamente estabelecidos e param de se movimentar quando seus sensores indicam a aproximação de pessoas ou tráfego.

A tecnologia adotada nesses veículos envolve:

  • ultrassom,
  • laser,
  • sinais de rádio.

Com equipamentos instalados neles próprios, cobrindo 360 graus, qualquer anormalidade detectada pelos sensores emite comandos que evitam acidentes e problemas na movimentação.

Quais as vantagens no uso de veículos autônomos?

Os veículos autônomos oferecem muitas vantagens, entre as quais são destaques:

Produtividade

Eles aumentam consideravelmente a produtividade em um armazém, pois não se cansam e trabalham ininterruptamente quando necessário.

Sustentabilidade e economia

Esses equipamentos, diferente dos sistemas tradicionais de transporte, são movidos a energia elétrica em sua maioria, o que diminui consideravelmente a poluição do ambiente. 

Além disso, os processos de frenagem e aceleração são automáticos, sem forçá-los, o que contribui para a diminuição de custos.

Baixa manutenção

O próprio veículo identifica e aponta possíveis problemas de funcionamento, possibilitando a manutenção preventiva e reduzindo as despesas com oficina.

Segurança e qualidade nos serviços

Por fim, o número de acidentes com movimentação de mercadorias é reduzido substancialmente, pois o veículo consegue identificar problemas no acondicionamento de pallets e produtos, indicando problemas no carregamento.

Além disso, existe a garantia que as mercadorias serão movimentadas de acordo com padrões estabelecidos previamente no armazém, com relação ao:

  • horário do movimento, 
  • quantidades a serem transportadas, 
  • localização dos produtos.

Toda essa tecnologia já existe e é uma realidade em milhares de empresas, inclusive no Brasil, e, cada vez mais, fará parte da realidade do ser humano, facilitando as operações, diminuindo acidentes e garantindo que os produtos estejam no seu destino no tempo e nas condições adequadas.

Agora que você já conhece o que são e como funcionam os veículos autônomos, continue conosco e leia nosso post que apresenta o Big Data e a inteligência artificial na logística: quais as aplicações!

Gostou do conteúdo? Aproveite e inscreva-se em nossa newsletter semanal. Você receberá toda semana conteúdos de transporte e logísticas, dicas, empreendedorismo, marketing, vendas, gestão e inovação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *