tipos de caminhão para carga pesada

Tipos de caminhão para carga pesada: você conhece?

Todos os tipos de caminhão para carga pesada, também conhecidos como carretas, transportam grandes quantidades de produtos.

Por conta disso, são veículos longos e que possuem mais de dois eixos para suportar a carga.

Eles possuem a força motriz, a roda de tração e o motor em uma parte do veículo, conhecida como cavalo mecânico.

A carga fica em outro compartimento, que é ligado ao cavalo mecânico, para que o transporte possa ser realizado.

Existem alguns tipos de caminhão para carga pesada e você vai conhecê-los no nosso artigo. Continue lendo e confira!

A realidade do transporte

Em função das suas dimensões e por concentrar seus modais de transporte, em sua maioria, no segmento rodoviário, o Brasil tem grande necessidade de contar com esse tipo de veículo para deslocar grandes quantidades de mercadoria.

Basta observar o movimento das rodovias para perceber a quantidade de carretas e os diversos tipos de caminhão para carga pesada no Brasil.

São grandes veículos que transportam o progresso e a riqueza de norte a sul do país, enfrentando os problemas das estradas mal conservadas.

Muitas vezes, iniciam sua viagem no norte do país, com temperatura próxima de 40 °C, para descarregar suas encomendas no extremo oposto, onde enfrentam os ventos frios, geadas e, até mesmo, a neve. 

Isso tudo em um único país, onde as carretas trafegam dia e noite sem cessar.

Os tipos de caminhão para carga pesada no Brasil

São diversos os tipos de caminhão para carga pesada e podem ser identificados pelo número de eixos que possuem.

Eles estão divididos em 7 tipos:

Cavalo mecânico

O caminhão chamado de cavalo mecânico, também conhecido como extra-pesado, é aquele que possui um eixo simples com apenas 2 rodas de tração.

É usado com vários tipos de semi-reboques, dependendo da carga a ser transportada.

Cavalo mecânico trucado

O cavalo mecânico trucado possui dois eixos, o que o diferencia do tipo acima apresentado. 

Normalmente, é utilizado para cargas mais pesadas que precisam estar melhor distribuídas pela carreta. 

Também transporta diversos tipos de semi-reboques.

Carreta 2 eixos

A carreta 2 eixos possui a mesma característica do cavalo mecânico trucado, no entanto, seu comprimento é de, no máximo, 18,15 metros, suportando um peso máximo bruto de 33 toneladas.

A característica específica desse veículo é que a carroceria também possui 2 eixos, por isso, o seu nome.

Carreta 3 eixos

Esse tipo de carreta usa no cavalo mecânico 2 eixos, mas o semi-reboque é triplo.

O uso de 3 eixos na parte em que a carga é acondicionada, permite que sejam carregadas até 42,5 toneladas de peso bruto.

Seu comprimento máximo também é de 18,15 metros.

Carreta cavalo trucado

A carreta cavalo trucado é parecida com a de 3 eixos, no entanto, suporta até 45 toneladas de peso bruto.

Ela também mantém o comprimento máximo de 18,15 metros.

Bitrem

O bitrem, também conhecido como treminhão, segue o modelo do cavalo trucado, mas possui em todo sua extensão 7 eixos.

Esse veículo suporta 57 toneladas de peso bruto e, como o nome diz, traciona dois semi-reboques.

Rodotrem

O rodotrem é ainda maior do que os outros tipos de caminhão para carga pesada apresentados até agora.

Também possui dois semi-reboques, mas suporta até 74 toneladas de peso bruto em seus 9 eixos de sustentação.

Para ajudar no entendimento, montamos um infográfico mostrando cada um deles:

Cargas indivisíveis

Todos esses tipos de caminhão para carga pesada possuem características que permitem a escolha da melhor opção de acordo com o que se deseja transportar.

Existem produtos que são indivisíveis, como, por exemplo, um iate, e que precisa ser transportado por um único veículo, assim como máquinas e equipamentos industriais, turbinas e uma série de materiais que necessitam de grandes estruturas.

Nesses casos, existe uma legislação específica a respeito, uma vez que a velocidade desses veículos é menor e eles ocupam, em determinadas situações, mais do que sua pista de rolamento para poderem trafegar.

É necessário, nesses casos, carros de escolta e acompanhamento, além de uma série de cuidados no transporte.

As carretas estão em toda parte e colaboram com muitas situações, inclusive, cargas que possuem pouco volume, mas que são extremamente pesadas.

O fato é que os caminhões para cargas pesadas estão nas rodovias e ainda estarão por muito tempo colaborando com o progresso do país.

Se você gostou desse artigo, que tal ler também sobre A diferença entre caminhoneiro autônomo, agregado e colaborador?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *