tendências para e-commerce em 2020

Conheça as tendências para e-commerce em 2020

O comércio eletrônico tem conseguido expressivos números em seu faturamento e as tendências para e-commerce em 2020 já são anunciadas. 

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM) existem cerca de 90 mil lojas virtuais no Brasil e a expectativa é que o setor tenha fechado o ano de 2019 com um faturamento em torno de R$ 80 bilhões. 

Para 2020, a entidade prevê um crescimento de 18%, projetando um faturamento em torno de R$ 105 bilhões.

Consumidores online são exigentes e dinâmicos e para atender essa necessidade as lojas virtuais precisam se adequar às tecnologias e incrementar seu negócio para conseguirem atrair clientes e venderem seus produtos.

Vamos ajudar, nesse post você vai conferir as tendências para e-commerce em 2020. Continue lendo e confira!

As tendências para e-commerce em 2020

As tendências para e-commerce em 2020 estão baseadas em:

  • otimizar as experiências do usuário, 
  • atender mais rapidamente as suas consultas,
  • integrar os vários canais de vendas. 

As novidades prometidas para o comércio eletrônico são:

Omnichannel

Ser omnichannel já deixou de ser uma das tendências para e-commerce para 2020 e passou a ser uma necessidade, porque o consumidor busca cada vez mais por experiências integradas, tanto nos ambientes online, como na loja física. 

Dessa forma, é preciso disponibilizar produtos e serviços nos diversos canais e de diferentes formas oferecendo oportunidades de experiências de compra integradas para o consumidor. 

Utilização de vídeos

O uso de vídeos para apresentação de produtos é uma das mais fortes tendências para e-commerce em 2020. 

Essa técnica já é utilizada na China há algum tempo, ela detém o maior comércio eletrônico do mundo

O consumidor passa a conhecer os produtos através de vídeos que permitam a visualização em diversos ângulos.

Muitos e-commerces orientais permitem, inclusive, que o consumidor consiga anexar o vídeo de um produto que comprou. 

Respostas rápidas e claras

Para melhor enfrentar a concorrência e melhorar a prestação de serviços, a tendência para e-commerce é oferecer respostas rápidas e claras para o cliente.

Para isso, a criação e alimentação de um FAQ ou de chatbots deve ser vista nesse ano.

Site responsivo

Outra tendência para e-commerce, já há algum tempo, é investir em sites responsivos e leves. 

O comprador online, de forma geral, não tem mais a paciência de esperar para baixar aplicativos e conseguir entrar na página.

Todos desejam navegar de forma rápida e descomplicada, independentemente se for através de um tablet, smartphone ou desktop. 

Uso da voz 

Com certeza você já ouviu e até falou com a Alexa, da Amazon. 

Essa é uma das fortes tendências para e-commerce: o uso da voz como ferramenta de busca.

Por isso, incrementar a sua loja virtual para receber pesquisas através de voz diretamente no navegador, ou por meio de assistentes como a Alexa, é uma das necessidades para esse ano. 

Frete como diferencial

Os valores dos fretes continuam sendo um grande obstáculo para o e-commerce e uma das principais causas de abandono de carrinho.

Além disso, o consumidor online é impaciente e tem anseio que o produto comprado seja entregue o mais rápido possível.

Por isso, é preciso que o empreendedor consiga fazer do valor do seu frete um diferencial de vendas, com preços justos e competitivos.

Agora que você sabe quais são as tendências para e-commerce em 2020 e deseja melhorar a qualidade dos serviços de logística e diminuir os valores dos fretes, acesse nosso site e faça uma cotação. É fácil e gratuita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *