Skip to main content
Setembro Amarelo: como cuidar da saúde mental?

Setembro Amarelo: como cuidar da saúde mental?

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional que traz uma discussão muito importante para todos: a saúde mental e o suicídio.

Esse tema tem grande importância em todo mundo, mas em especial no meio corporativo, que traz consigo muito estresse e ansiedade.

No post de hoje vamos falar mais sobre a campanha Setembro Amarelo, sobre depressão e dar dicas para promover a saúde mental. Continue lendo e confira!

Qual a importância do Setembro Amarelo?

O Setembro Amarelo surgiu em 2014 e é promovido pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Segundo o site da própria campanha, anualmente são cometidos 12 mil suicídios no Brasil e mais de um milhão no mundo todo.

Esses números continuam crescendo a cada ano e cerca de 96,8% dos casos estão ligados com transtornos mentais.

Em primeiro lugar está a depressão, em segundo o transtorno bipolar e em terceiro o abuso de substâncias.

Além disso, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Ibope, 47% das pessoas associa a depressão como um estado de espírito ao invés de uma doença mental real.

Esses dados mostram a importância da saúde mental ser uma pauta na sociedade, que precisa ser discutida sem tabu para trazer conscientização sobre essas doenças.

O que é a depressão?

Ainda não se sabe exatamente o que causa a depressão, mas ela está ligada com genética, deficiência bioquímica no cérebro e infelicidade ou estresse constantes.

Quando uma pessoa passa por uma situação difícil, principalmente por longos períodos, o cérebro começa a ter uma produção desequilibrada dos hormônios, que são responsáveis por diversas funções no corpo, desde estresse até bem-estar.

Dessa forma, a depressão não é uma tristeza passageira e muito menos um estado de espírito! É um problema real que exige acompanhamento médico.

Infelizmente, muitas pessoas não levam isso a sério nem buscam o tratamento, o que pode desencadear crises mais extremas e, em alguns casos, o suicídio.

Como promover a saúde mental?

A saúde mental deve ser prioridade de todos, mas, em especial, de empresários.

Uma pesquisa realizada pela clínica Med-Rio Check Up indica que de 2016 para 2017 houve um aumento de 37,5% de casos de depressão nesses profissionais.

Os resultados ainda apontam o aumento da insônia, ansiedade e estresse.

Apesar de ser um pouco antigo, o estudo ainda consegue levantar um ponto importante e tratar a realidade de muitos empreendedores, principalmente neste período de crise financeira que estamos vivendo.

Por isso, é fundamental que você, empresário, consiga promover a saúde mental. Aproveite o Setembro Amarelo e siga nossas dicas:

Tenha momentos pessoais

Conseguir separar a vida profissional da pessoal é fundamental para todo empresário.

Reserve momentos de entretenimento pessoal. Faça passeios, viaje, leia um livro ou assista a um bom filme.

Dessa maneira você descansará a sua mente, o que, consequentemente, diminuirá o estresse do dia a dia e fará você se sentir muito melhor.

Faça exercícios físicos e alimente-se bem

Os exercícios físicos promovem uma sensação de bem-estar maravilhosa, assim como uma boa alimentação.

Busque encontrar algum horário na sua semana para praticar atividade, seja uma caminhada leve, levantar peso na academia ou fazer yoga na sala de casa.

O importante é ter um momento dedicado ao bem-estar do seu corpo!

Procure ajuda de um profissional

Procurar a ajuda de um profissional é fundamental para que o tratamento adequado seja indicado. Esse cuidado com a saúde mental é muito incentivado durante o Setembro Amarelo e deve ser mantido em todo o ano.

Caso você esteja se sentindo cabisbaixo, estressado, sem disposição para as atividades diárias, com insônia ou desanimado, procure um psicólogo.

Invista na sua saúde mental! Ela faz parte de você e deve ser levada a sério!

Além disso, é importante conversar sobre esse assunto tão importante com os seus amigos e familiares. Traga conscientização e vamos, juntos, vencer a depressão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *