Quais são as responsabilidades de quem contrata um frete?

Quais são as responsabilidades de quem contrata um frete?

Desde que entrou em vigor, no ano de 1991, o Código de Defesa do Consumidor  mudou a relação entre as empresas e os consumidores. Considerada uma das mais avançadas do mundo, essa legislação passou a regular a qualidade dos produtos e serviços disponibilizados no mercado.

Demonstrando os direitos e deveres do consumidor e da empresa, o Código deixou mais claro o papel de ambos os lados em uma transação comercial – apesar de muitos acreditarem, erroneamente, que apenas o vendedor tenha responsabilidades.

Pensemos na seguinte situação: uma mãe decide fazer a festa de aniversário de seu filho e contrata uma pessoa para fazer o bolo, se responsabilizando por fornecer os ingredientes. Para economizar, decide utilizar alguns produtos de sua despensa, incluindo a farinha de trigo que está vencida há alguns dias. O resultado é inevitável: o bolo não fica bom e a mãe decide culpar a culinarista pelo problema.

A máxima de que “o cliente sempre tem razão” é respeitada por empresas que valorizam a relação com seus consumidores e desejam fidelizá-los, mas essa pequena história serve para ilustrar que devemos ter atenção, também, para os deveres que toda negociação requer do cliente, inclusive no momento de contratar um frete.

Assim como a pessoa que encomenda um bolo deseja que ele esteja perfeito no momento dos parabéns, o cliente que busca uma  transportadora espera que sua mercadoria chegue ao destino final dentro do prazo combinado e com total segurança.

Para que esse final feliz aconteça, contudo, é necessário que o embarcador siga algumas recomendações. Vamos conhecer 3 delas?

1. Informe os dados corretos da carga

As informações sobre a carga devem ser precisas – incluindo largura, comprimento e altura – para evitar divergências nos valores combinados na contratação.

Cargas que ocupem muito espaço no caminhão, podem estar sujeitos a taxas de cubagem, que garante um melhor aproveitamos de espaço – sugerimos a leitura de artigo sobre o tema, para não deixar nenhuma dúvida.

O peso é igualmente essencial por ser um dos itens que compõe o preço final do frete e porque leva a selecionar o melhor veículo para o transporte. Se for constatada divergência entre peso real e peso na nota fiscal, no momento de fiscalização, pode ser aplicada multa e até apreensão da mercadoria.

2. Emita corretamente a Nota Fiscal

Certifique-se de que os dados para emissão da nota fiscal estejam corretos e cuidado com os dados básicos como razão social, endereço completo, CNPJ (ou CPF) – transportadoras costumam cobrar taxa de reentrega, em caso de endereço de destino estar errado ou se não houver ninguém para receber a mercadoria na primeira tentativa.

Outro detalhe importante é apontar corretamente o responsável pelo pagamento do frete (que pode ser a empresa solicitante, o cliente ou terceiros). Erros nesse campo também gera dificuldade na entrega do material.

3. Embale sua carga de modo seguro

Cargas mal embaladas correm sérios riscos de chegarem com avarias ao destinatário. O uso de plástico bolha, papelão ou outros materiais protetores farão a diferença no resultado final e deixarão o cliente satisfeito.

A CARGOBR, empresa que faz o intercâmbio entre transportadora e cliente, oferece assessoria especializada no transporte de carga. Converse com um de nossos especialistas e descubra a melhor opção para embarcar sua mercadoria, garantindo que chegue segura no destino final.

One thought to “Quais são as responsabilidades de quem contrata um frete?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *