Pequenos e médios e-commerces continuarão crescendo neste Natal

Pequenos e médios e-commerces continuarão crescendo neste Natal

O Natal promete muito sucesso para os pequenos e médios e-commerces e, se os números acompanharem os resultados da Black Friday, o final do ano será de muita lucratividade para as lojas virtuais brasileiras.

Somente nos dias 28 e 29 de novembro de 2019, o valor de faturamento do varejo online no Brasil chegou a R$ 3,2 bilhões, uma alta de 23,6% em relação a 2018.

São excelentes informações que mostram uma reação na economia brasileira e as novas tendências de compras do consumidor, através dos canais digitais.

Os pequenos e médios empreendedores das lojas virtuais vêm conquistando seu espaço e ganhando mercado.

Focados em segmentos específicos, tornam-se especialistas em oferecer produtos diferenciados e que agradam os consumidores. Diferente dos grandes magazines, as pequenas lojas virtuais são rápidas nas mudanças e ágeis nas ofertas.

Nesse artigo vamos apresentar as expectativas para os pequenos e médios e-commerces nesse Natal. Continue lendo e confira!

A estratégia dos pequenos e médios e-commerces

A Black Friday e o Natal tornaram-se datas diferenciadas do mercado brasileiro, especialmente no e-commerce.

Muitas pessoas aproveitam a Black Friday para fazerem suas compras de Natal, o período modifica totalmente o comércio entre o final de novembro até o término do ano.

Os pequenos e médios e-commerces diversificam suas ofertas utilizando suas lojas virtuais e atuando também em marketplace.

Os marketplaces, caso você não esteja familiarizado com o nome, são lojas virtuais que reúnem diversos fornecedores, o que possibilita que pequenos empreendimentos possam aumentar substancialmente suas vendas, contando com a “força” e a boa aceitação do mercado em relação à essas plataformas.

Pode-se dizer que os marketplaces são os shoppings virtuais, onde o consumidor encontra milhares de opções. Segundo o SEBRAE, esse canal tornou-se o campeão de vendas em 2018, responsável por 52% dos negócios realizados.

Além de descobrir o marketplace como um excelente canal de vendas, os pequenos e médios e-commerces se especializam e passaram a ganhar autoridade nos segmentos que adotaram.

Com isso, conseguem criar diferenciais de mercado trabalhando em nichos específicos, oferecendo conteúdos, produtos, serviços e soluções bem recebidas pelo público.

Oportunidades únicas no Natal

Muitos pequenos e médios empreendedores aproveitam essa sazonalidade do ano devido às tradicionais festividades, como, por exemplo, a oferta de produtos para o amigo secreto, que faz parte das festas natalinas nas empresas, clubes, igrejas e nos mais diversos grupos.

As lojas virtuais também aproveitam o momento para a venda de enfeites natalinos, como árvores, bolas, luzes, guirlandas e presépios.

Oferecendo produtos diferenciados e de qualidade, além de serviços de logística com agilidade e bons preços de frete, os pequenos e médios e-commerces se preparam para atender ao mercado comprador que está disposto a achar o melhor presente para os amigos e familiares.

Toda essa movimentação leva as pesquisas a apontarem um crescimento do comércio eletrônico em 2019 de 16% se comparado ao ano anterior.

As previsões apontam um faturamento anual de R$ 79,9 bilhões, dos quais 29% estarão acontecendo nas micros e pequenas empresas, segundo a ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico.

Esse percentual demonstra que existe um crescimento dos pequenos e médios negócios em todos os segmentos e que sua empresa deve preparar-se para aproveitar o bom momento.

Não esqueça de oferecer a seus clientes as melhores opções de frete e logística, pois, os valores do transporte são determinantes na escolha da compra por parte do consumidor.

Para isso, conte com a CARGOBR, a plataforma de frete que faz toda a diferença para o seu e-commerce. Cote em tempo real com as melhores transportadoras do Brasil e conte com preços que você só encontra por aqui! Acesse nosso site e faça um teste. É gratuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *