Como otimizar a logística no agronegócio?

O Brasil é conhecido internacionalmente como celeiro do mundo, uma vez que somos um dos principais produtores de alimentos do planeta, no entanto, a logística no agronegócio continua sendo um desafio para os empreendedores desse segmento.

Tanto na área agrícola como na produção de carnes, o Brasil irá cumprir um importante papel na alimentação do mundo nas próximas décadas. 

Nos dias atuais milhões de toneladas de alimentos são colhidos, preparados e transportados para todos os 5 continentes e a tendência é de crescimento da demanda devido ao crescimento da população.

A logística permite que esses mantimentos saiam de fazendas localizadas em lugares remotos e sejam entregues com segurança, rapidez e eficiência nos supermercados dos Estados Unidos, Japão, China, Holanda dentre outros importadores que estão a milhares de quilômetros de distância.

Nesse post vamos apresentar as necessidades para otimização da logística no agronegócio, um dos mais importantes setores econômicos do mundo. Continue lendo e confira!

Os processos da logística no agronegócio 

Os processos da logística no agronegócio envolvem muitas áreas que precisam ser atendidas com precisão e qualidade para que se obtenha sucesso na operação. 

Basicamente a logística neste segmento é separada em três grandes áreas:

  • suprimentos,
  • produção agropecuária,
  • distribuição.

Vamos compreender o que é necessário para otimizar cada uma dessas etapas:

Logística de suprimentos

Os suprimentos são todo e qualquer material utilizado para que as plantações ou criações animais possam se desenvolver eficientemente.

A logística precisa funcionar em tempo hábil para que o armazenamento e o transporte dos insumos dos fornecedores até os locais de destino, ocorram com qualidade e atendam as necessidades dos empreendedores.

Para que tudo funcione adequadamente é necessário um planejamento detalhado com medidas para solucionar possíveis problemas. 

Um dos mais sérios obstáculos enfrentados em nosso país está nas distâncias e condições das estradas que prejudicam os transportes. 

Logística para a produção agropecuária

A transferência de insumos nas fazendas precisa ser realizada de forma a não faltarem ou sobrarem produtos, o que pode comprometer os resultados da operação.

Para isso, é necessário também um planejamento que alinhe os processos de armazenagem e produção, racionalizando a gestão e atendendo sob medida às necessidades da agropecuária.

Logística de distribuição

A logística de distribuição exige condições específicas de armazenagem dos produtos e transportes adaptados para as necessidades de cada realidade.

Produtos sensíveis e perecíveis precisam de cuidados especiais que envolvem:

  • embalagens,
  • armazenagem com temperaturas adequadas,
  • transportes específicos para cada tipo de produto.

Fatores como temperatura e umidade do ar podem prejudicar sensivelmente os produtos se não forem condicionados da maneira adequada e transportados nas condições ideais.

Como se observa, a logística no agronegócio exige conhecimento e experiência, onde profissionais capacitados e a tecnologia trabalham em conjunto para o sucesso da operação.

Na área de transporte especificamente, é importante que fornecedores especializados sejam contratados, pois, só eles estão habilitados a agir de forma eficaz na otimização de toda a logística dentro dos processos de recolhimento e entrega. 

A CARGOBR possibilita que transportadoras voltadas ao agronegócio sejam localizadas e contratadas de maneira ágil e com baixos custos, atendendo às mais diversas culturas e necessidades do mercado.

Para otimizar a logística no agronegócio, especialmente na área de transporte acesse nossa plataforma para contratar as melhores empresas do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *