Skip to main content
Você sabe o que é Ad Valorem?

Você sabe o que é Ad Valorem?

A cotação dos valores de fretes é um processo que exige conhecimento sobre o assunto e muita atenção, uma vez que são diversas as variáveis envolvidas no seu cálculo. O Ad Valorem é uma taxa que precisa ser incorporada nessa conta.

Muitos imprevistos podem acontecer durante as viagens e as transportadoras precisam de alguma forma diminuir os prejuízos caso algo aconteça durante as remessas das mercadorias.

Nenhum motorista, por mais competência que tenha ao volante, está imune a:

  • acidentes,
  • furtos,
  • roubos,
  • danos aos produtos.

A taxa é inclusa no preço do frete para cobrir eventualidades que acontecem e tem por objetivo minimizar os prejuízos registrados por situações como as citadas anteriormente.

Neste post apresentamos o que é Ad Valorem e como calculá-lo. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

O que é Ad Valorem?

Ad Valorem, também conhecida como “frete valor”, é um percentual calculado sobre o valor da mercadoria a ser transportada, ou seja, sobre o montante total da nota fiscal.

O seu objetivo é o de cobrir os custos de seguro enquanto a transportadora for a responsável pela carga.

Qual a sua finalidade?

A legislação brasileira prevê que a transportadora é a responsável pela carga que movimenta, portanto, os problemas que possam ocorrer são de sua responsabilidade, assumindo os prejuízos ocorridos.

Diante dessa realidade, a transportadora precisa se prevenir para evitar esse tipo de situação, em que a contratação de um seguro para a carga é o melhor caminho.

No entanto, existem ainda outros custos que precisam ser incluídos no Ad Valorem para a redução dos riscos de transporte.

Cálculo do Ad Valorem

Como já mencionado, o Ad Valorem é um percentual aplicado sobre o valor da carga a ser transportada, porém, ele pode variar de acordo com as características da:

  • empresa,
  • carga,
  • operação.

Para a realização do cálculo são consideradas as seguintes variáveis:

  • distância percorrida – distâncias maiores significam mais riscos no transporte,

  • peso do produto – cargas leves são facilmente roubadas,
  • necessidade de manuseio – quanto menos manuseadas, menores as chances de avarias nas mercadorias.

Sugestão de alíquotas da NTC

A Associação Nacional do Transporte de Carga, conhecida como NTC & Logística, desenvolveu uma tabela para o cálculo do Ad Valorem que serve como uma sugestão das alíquotas a serem aplicadas e como base para as transportadoras.

As alíquotas consideram a distância a ser percorrida e continua a ser utilizada desde o ano de 2014, ano da sua divulgação.

A utilização dessa tabela facilita o processo e atende às necessidades das transportadoras, por isso vale a sua avaliação a respeito.

DISTÂNCIA (KM)ALÍQUOTA (%)
1 a 2500,30
251 a 5000,40
501 a 1.0000,60
1.001 a 1.5000,70
1.501 a 2.0000,80
2.001 a 2.6000,90
2.601 a 3.0001,00
3.001 a 3.4001,10
acima de 3.4001,20
coleta e entrega0,15

Exemplo de cálculo

O cálculo é muito fácil de ser realizado para se chegar ao Ad Valorem.

Supondo que determinada mercadoria tenha que ser entregue a uma distância de 400 km da sua sede e o valor da nota fiscal seja de R$ 10.000,00.

Basta localizar na tabela a alíquota correspondente à quilometragem, nesse caso, 0,40% e aplicar no valor da nota fiscal.

Portanto:

R$ 10.000,00 * 0,40% = R$ 40,00

Os R$ 40,00 correspondem à taxa de frete a ser inserida no custo do transporte dessa mercadoria.

Agora que você já sabe detalhes do Ad Valorem, continue conosco e leia nosso post que apresenta as diferenças entre cubagem, fator de cubagem e peso cubado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *