Quais são os tipos de logística reversa existentes?

Todo produto possui um ciclo de vida, quando então é descartado pelas pessoas e empresas que o utilizam. A logística reversa é uma maneira inteligente de dar um bom destino a todo esse material.

No Brasil, a Lei nº 12.305/2010, conhecida como Política Nacional de Resíduos Sólidos, atribui a todos os envolvidos a responsabilidade compartilhada pelo destino dos materiais que não possuem mais uma aparente utilidade.

Isso significa que todos os resíduos descartados são de responsabilidade dos:

  • fabricantes,
  • distribuidores,
  • lojistas,
  • consumidores.

Esses produtos devem retornar a sua origem e podem ser reutilizados em novos processos, diminuindo o extrativismo do meio ambiente e promovendo o reaproveitamento e reciclagem dos resíduos.

Continue lendo nosso post e saiba mais sobre esse assunto, sua importância e os tipos existentes de logística reversa para que você possa colaborar com a sociedade e o meio ambiente!

O que é logística reversa?

Logística reversa é o nome dado ao processo de retorno de materiais que não serão mais utilizados por aqueles que o receberam ou adquiriram.

Como exemplo, são as garrafas devolvidas aos mercados para a aquisição das bebidas.

Também são os materiais perigosos que precisam ser devolvidos em locais apropriados para que não venham a causar problemas à população.

Além disso, são os resíduos que podem passar por um processo de reciclagem e serem utilizados novamente como matéria-prima e reprocessados nas indústrias.

Toda a movimentação que envolve esses materiais faz parte desse processo, ou seja, o remetente é o consumidor e o destinatário, o fornecedor.

A importância da logística reversa

A logística reversa contribui para evitar que resíduos sejam descartados em locais inapropriados, como:

  • mangues,
  • florestas,
  • rios,
  • mares.

Infelizmente, milhares de toneladas de resíduos são descartados de forma indevida, o que acaba prejudicando a natureza, eliminando ecossistemas e se refletindo na própria sociedade que precisa lidar com enchentes, invasões de animais, doenças e uma série de problemas em decorrência do lixo.

No Brasil, apenas uma pequena parcela dos resíduos sólidos são reaproveitados e retornam aos processos industriais. Infelizmente, 3.326 municípios do país destinam o lixo para locais indevidos.

A prática dessa logística evita todos esses transtornos e possibilita qualidade de vida para a população e para as gerações futuras.

Tipos de logística reversa

Existem alguns tipos de logística reversa e todos são passíveis de soluções adequadas, minimizando prejuízos, garantindo a sustentabilidade e, em muitos casos, se transformando em fontes de renda e riqueza. Vamos conhecê-los:

Pós-consumo

A logística reversa de pós-consumo diz respeito ao reaproveitamento de materiais que seriam descartados em aterros sanitários ou lixões, onde podem ser:

Em todos os casos, os materiais voltam a servir a sociedade, evitando o descarte indevido.

Pós-venda

A logística de pós-venda trata de produtos que apresentaram defeitos, foram trocados ou o adquirente desistiu da compra, por não atender às suas expectativas.

Esse material precisa retornar aos fornecedores, para sofrer os ajustes necessários e ser reinserido no mercado.

Produtos remanufaturados

Os produtos remanufaturados são aqueles que foram usados e avariados, mas podem ser reaproveitados após um processo de recondicionamento.

Reutilização de embalagens

A reutilização de embalagens também colabora efetivamente na preservação do meio ambiente, onde são reaproveitadas diversas vezes, como, por exemplo:

  • galões de água,
  • botijões de gás,
  • garrafas.

Apesar da existência de uma legislação apropriada para o assunto, é dever de todo cidadão, bem como dos empreendedores, observarem os devidos cuidados com relação a esse importante tema.

Agora que você já sabe mais sobre a logística reversa e sua importância junto à sociedade, siga a CARGOBR no Instagram e conheça novidades relacionadas às boas práticas de movimentação e transporte de mercadorias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *