O que é logística Cross Docking?

O que é logística Cross Docking?

A logística Cross Docking tem o seu nome baseado no não armazenamento dos produtos e no encaminhamento automático para o seu destinatário.

Traduzido do inglês, o significado é “cruzando docas”, ou seja, descarrega-se a mercadoria em um dos ambientes do armazém e destina-se ao local onde será reencaminhada para o endereço de destino.

O processo envolve apenas o recebimento e expedição do produto, onde ocorre a troca de docas ou locais de estacionamento dos veículos que realizam os transportes.

Para que se tenha sucesso nesse processo, é necessário um bom sistema de controle, onde toda a operação pode ser realizada apoiado por tecnologia, conferência dos dados e movimentações dos produtos.

Neste post apresentamos a logística Cross Docking e como ela pode colaborar para agilizar os processos de transporte e diminuir os custos operacionais da área. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

O que é Cross Docking?

Cross Docking é um sistema logístico em que não existe o processo de armazenagem, ou seja, as mercadorias são remetidas a uma central de distribuição que recebe e as encaminha no mesmo momento para os seus destinatários.

O Centro de Distribuição serve para que os produtos troquem de veículos e sigam o seu roteiro de entrega.

Como analogia podemos comparar ao que ocorre com passageiros nos aeroportos que precisam trocar de aeronave para seguirem aos seus destinos.

Como funciona o Cross Docking?

O Cross Docking possui três operações que o diferenciam do sistema comum de logística. São eles:

Período de permanência no depósito

Não existe exatamente a determinação do tempo que os produtos devem aguardar o seu transbordo para outro veículo, no entanto, o ideal é que fique o mínimo possível, uma vez que as mercadorias não serão conduzidas para armazenagem.

Se o veículo estiver estacionado na doca, o encaminhamento poderá acontecer imediatamente, passando pelo processo de conferência e transferência.

Não estocagem

Como já mencionado, nesse sistema logístico não há estocagem, portanto, caso o veículo de saída ainda não esteja no local, as mercadorias ficarão na área de picking.

É importante lembrar que não existe a entrada dos produtos no controle de estoque da Central de Distribuição.

Controles

O terceiro ponto que recebe destaque é o controle na troca dos veículos que deverá ser realizado através de um sistema, identificando:

  • nota fiscal dos produtos,
  • data e hora da chegada,
  • veículo de chegada,
  • data e hora da transferência,
  • data e hora da saída,
  • veículo de saída.

Esses dados são fundamentais em casos de problemas, possibilitando que a localização dos pedidos e produtos seja realizado rapidamente.

Vantagens do Cross Docking

Esse modelo de logística traz grandes benefícios para todos os envolvidos na operação, uma vez que diminui os custos de estocagem dos produtos, espaços físicos e despesas operacionais, ou seja, vantagens competitivas.

Além disso, o processo de entrega é agilizado, diminuindo-se a burocracia dos processos comuns.

Para as empresas que trabalham sob demanda, é possível o desenvolvimento de cronograma de pedidos e entregas, o que evita acúmulo de materiais, especialmente nos produtos sazonais.

O modelo Cross Docking exige um trabalho conjunto entre os envolvidos, portanto, embarcador, transportador e destinatário acompanham os processos que envolvem a logística das mercadorias, promovendo uma integração entre as empresas.

Ocorre também a diminuição das perdas em produtos que possuam controle das datas de vencimento, obsolescência ou curto período de vida útil, como os alimentos, por exemplo.

A diminuição de problemas com furtos e extravios de mercadorias também é percebida, uma vez que ela não para em estoques.

Como se observa, esse processo de logística exige o aprimoramento dos processos e alta qualidade das equipes envolvidas, no entanto, a sua implantação é salutar para todos os envolvidos, colaborando na redução de custos e aumento da rentabilidade da operação.

Agora que você sabe o que é Cross Docking, continue conosco e leia nosso post que mostra como fica a logística na era da LGPD!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *