Internet como aliada: o que a web oferece hoje para micro e pequenos empresários?

Internet como aliada: o que a web oferece hoje para micro e pequenos empresários?

Historicamente, micro e pequenos negócios têm um grande desafio para prosperar, principalmente pelo fato de, muitas vezes, competir com grandes corporações que têm condições infinitamente maiores de expor suas marcas e atingir seu público, mas com o desenvolvimento e popularização tecnológica, principalmente da internet, esta diferença em alcançar clientes têm diminuído drasticamente.

Internet: um terreno pouco explorado pelas PMEs

Uma pesquisa do Sebrae, divulgada em janeiro deste ano aponta que, em SP, pouco mais de 34% das PMEs utilizam a internet para divulgar os seus negócios, incluindo as redes sociais, ou seja, a internet ainda é um terreno muito fértil para este modelo de negócio e, aproveitar o momento para desenvolver uma presença digital sólida pode ser um grande diferencial se você tem, ou está começando sua PME!

Outro dado interessante neste aspecto é que as redes sociais, principalmente Facebook e Whatsapp, são os meios mais utilizados para divulgação de micro e pequenas empresas, porém por apenas 21,9% delas. Já os sites próprios não chegam a ser utilizados por 15% dessas empresas.

A realidade do marketing mudou, e a internet é o caminho

Há pouco mais de uma década, quando a internet e suas ferramentas começaram a ser mais acessíveis, tanto em termos financeiros como técnicos, a forma como as empresas se relacionam com o público sofreu uma grande transformação: a possibilidade de divulgar uma marca focando em um público muito mais específico do que nas mídias tradicionais, educando e nutrindo o público com informações e soluções para seus problemas, ao invés de empurrar determinado produto ou marca de maneira quase indiscriminada.

Esta transformação é fundamental na definição do novo processo de compras que vivemos hoje, no qual as pessoas buscam, de forma ativa, informações sobre a melhor forma de solucionar seus problemas.

Assim, ao perceber que produtos e serviços, de uma forma ou de outra, são soluções para os problemas dos consumidores, as empresas começam a, através das ferramentas digitais, inicialmente nos sites, a educar o público, de forma cada vez mais segmentada e focada, sobre como podem ser a solução para suas dores.

E esta transformação continua em movimento, com o surgimento de novos canais, ferramentas e tecnologias que empoderam, cada vez mais, o público na busca por produtos e serviços.

Lembre que, em menos de 15 anos, muitas das ferramentas e tecnologias que percebemos, hoje, como indispensáveis, ainda não existiam, como o facebook, que foi lançado em 2004 e aberto ao público em 2006, os smartphones e dispositivos móveis, como conhecemos hoje, foram lançados a partir de 2007, com o iPhone, sem falar no Twitter e Instagram, lançados em 2006 e 2010 respectivamente e, todos estes exemplos continuam evoluindo e se adaptando continuamente!

Métricas são tudo!

Com a internet e suas diferentes ferramentas, você pode medir quase qualquer aspecto da performance das suas ações de marketing!

É possível saber quais páginas do seu site são mais visitadas, quais mantém o visitante por mais tempo, ou fazem com que eles acessem outros conteúdos do seu site, o que é fundamental para entender o que e como o seu conteúdo está atingindo seu público.

Também podemos obter dados demográficos e geográficos dos visitantes e leads que acessam seu conteúdo, ajudando a entender melhor qual o perfil do seu público, permitindo ações mais precisas no futuro, além de garantir melhores experiências para seus clientes.

Mas, talvez o principal, seja a possibilidade de medir com alta precisão o ROI, ou seja, o Retorno Sobre Investimento, na sigla em inglês, assim como o custo de cada passo do visitante dentro das suas plataformas de conteúdo até se tornar uma oportunidade e um cliente!

Como PMEs podem, e devem, se apropriar deste cenário

1. A internet deve fazer parte do seu planejamento desde o início

Apesar de fazer parte da nossa realidade e ser quase impossível pensarmos em viver sem ela, utilizar a internet como ferramenta para criar sua autoridade digital, gerando conhecimento de marca, produtos e serviços, alcançando seu público de forma certeira, deve ter um planejamento de cuidadoso.

Não é porque apenas um terço das PMEs realmente utilizam a internet, e você é um usuário frequente, que utilizá-la como parte da sua estrutura de marketing será tão simples como compartilhar gatinhos na timeline dos amigos.

É preciso entender onde seu público, ou melhor, sua persona, transita no mundo digital, e quais os dispositivos utilizam no mundo online! Caso contrário, você estará falando com o vento.

2.   Hierarquize as diferentes mídias

Pense na sua presença digital de forma a estruturar um fluxo de informações que seja organizado.

2.1.   Comece pelo site da sua empresa, que deve ser a fonte principal de informações sobre o seu negócio, explicando o que faz, os serviços e produtos, canais de contato, como telefone e email, parceiros, casos de sucesso, além de formulário para assinar sua newsletter.

2.2.   A partir do seu site, expanda sua presença digital com um blog, com artigos que vão atrair visitantes com conteúdo que seja relevante para a sua persona e, óbvio, seja relacionado, mesmo que indiretamente, com o que seu negócio oferece.

O blog tem a função de atrair e educar visitantes, através de um relacionamento onde você oferece informações que vão gerar sua autoridade digital, ajudando sua empresa a ser identificada como referência em determinado segmento.

2.3.   Escolha redes sociais que sejam relevantes para o seu público, é provável que algumas delas não sejam adequadas para o seu tipo de negócio, seja pela forma como são utilizadas, seja pelo fato da sua persona não ser o perfil de usuário de determinada rede.

3.   Crie uma loja virtual

Apesar de não ser um item essencial na presença digital de todos os negócios, é interessante pensar na possibilidade de vender seus produtos e serviços através de uma loja virtual.

Este sistema de vendas tem crescido muito nos últimos anos e a comodidade que traz para os consumidores pode ajudar a alavancar sua empresa com maior velocidade!

O que achou deste artigo? Te ajudou a entender melhor como a internet é uma ferramenta essencial para ajudar as PMEs a se desenvolverem aproveitando um campo ainda pouco explorado?

Se quiser saber mais sobre soluções para os seus negócios, acesse nosso blog para mais artigos, ou entre em contato com a gente!

Confira também:

 Aplicativos de gestão de MPEs 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *