A importância da gestão do transporte de cargas

A importância da gestão do transporte de cargas

Toda empresa que trabalha com movimentação de produtos precisa realizar uma gestão do transporte, sob pena de colocar em risco a operação.

Para que a logística possa funcionar adequadamente e atender as necessidades do empreendimento e dos clientes o transporte é fundamental.

Apesar das dificuldades encontradas nas operações logísticas em um país com as dimensões do Brasil e com grande parte das estradas em condições inadequadas é possível realizar uma boa gestão e ter bons resultados como retorno.

Controlar e ter sucesso nessa operação exige informações, organização e uma equipe qualificada para se atingir os objetivos.

Nesse post apresentamos a importância e os principais cuidados com a gestão do transporte de cargas. Continue lendo e saiba mais a respeito!

O que é gestão do transporte de cargas?

A gestão do transporte de cargas compreende o controle da movimentação de produtos entre um ponto e outro.

Todo o processo que envolve o recebimento da matéria-prima, insumos e produtos a serem revendidos precisam funcionar para que uma indústria possa operar ou lojas oferecer mercadorias aos consumidores.

Além disso, a movimentação interna de todos os produtos precisam ser de qualidade, para alimentar as linhas de produção e o abastecimento das lojas.

No entanto, a gestão não termina por aí, pois, em muitas situações, é necessário que os pedidos com as mercadorias adquiridas sejam enviados aos clientes.

Portanto, a gestão do transporte de cargas precisa funcionar com qualidade para que os resultados da operação sejam positivos.

Os objetivos da gestão do transporte de cargas

Para que a gestão do transporte possa acontecer com qualidade, atendendo a todos os envolvidos são necessários que diversas áreas sejam geridas com precisão como:

  • controle da frota,
  • plano de roteirização,
  • gestão dos documentos de transporte,
  • rastreamento de cargas e veículos,
  • controle de custos,
  • gestão de riscos e problemas.

Para cada item apontado acima, existem subitens, cada qual com suas particularidades e especificidades que precisam ser atendidos.

O gestor de transportes precisa ter em mãos a informação do que está acontecendo, para tomar decisões fundamentais nos diversos processos logísticos além de estar organizado e preparado para mudanças de planos e buscar por alternativas em situações que fogem ao controle.

Como fazer a gestão do transporte de cargas?

Para obter sucesso na gestão do transporte de cargas são necessárias ações que possam contribuir com o cotidiano da operação, garantindo qualidade e agilidade nos processos, tais como:

Estipule metas e objetivos

Desenvolver metas e objetivos para todas as áreas envolvidas nos processos de transporte colabora com os resultados tanto no aspecto operacional, como com a diminuição dos custos e colaboração nos ganhos e lucratividade da operação.

Estipule metas envolvendo:

  • redução no tempo de transporte,
  • diminuição nos custos com combustíveis,
  • redução de perdas na logística.

Trabalhe de forma planejada

Após a definição das metas, é importante o planejamento das ações para que os objetivos sejam alcançados.

Para isso é importante criar métodos para cada processo, contando com a tecnologia como ferramenta de apuração dos resultados.

Invista em capacitação da equipe e na organização da operação para que os planos sejam atingidos.

Controle todos os gastos

Novamente a organização e a disponibilidade da informação aparecem nesse quesito, onde o controle de todos os gastos precisam ser precisos.

Através disso é possível localizar problemas e atividades que estejam comprometendo os resultados do transporte.

A partir das análises pode-se tomar providências para corrigir os problemas, eliminando-os ou substituindo por outras alternativas.

O fato é que os altos custos de transporte se não forem bem geridos podem trazer problemas e inviabilizar os negócios.

Agora que você já conhece a gestão do transporte de cargas, continue conosco e descubra o que é e como funciona um TMS na logística?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *