navios de carga

Desvendando os navios de carga

Os navios, geralmente, têm estruturas imensas que nos impressionam por seu porte e pela capacidade que tem em transportar todo tipo de produto pela água.

O mar deixa de ser um obstáculo e passa a ser o caminho utilizado para cruzar oceanos e levar a lugares muito distantes mercadorias de todo tipo e valor, isso tudo com um custo muito inferior ao do transporte aéreo.

Os navios no Brasil são utilizados em grande escala na região Norte do país, em função da falta de rodovias e aeroportos adequados, também são amplamente usados para a exportação e importação de produtos.

São os chamados navios de carga, responsáveis pelo transporte das mercadorias brasileiras vendidas a outros países, eles também fazem o caminho inverso, trazendo as novidades do mundo para cá.

Nesse artigo você irá conhecer os navios de carga e os seus diversos tipos, que são fabricados para atender as mais diferentes características de produtos e transporte. Continue lendo e confira!

A história dos navios de carga

A primeira referência escrita encontrada com relação a um navio data 2.613 a.C., ele foi fabricado durante a IV Dinastia do Egito Antigo.

Mas, foi na China que os navios se desenvolveram e apresentaram os primórdios dos conceitos atuais de navegação.

No Brasil, com a chegada dos portugueses no ano de 1.500, os navios de carga movimentavam a economia da colônia.

O ouro, prata, madeira e os recursos naturais eram transportados para a Europa em navios de cargas, especialmente construídos para isso.

Por muito tempo após o descobrimento e ainda no início do século XX, as estradas brasileiras eram poucas e sem quaisquer condições para o transporte de cargas.

Os navios circulavam por todo o litoral do país, levando passageiros e transportando produtos de norte a sul. Era o principal meio de transporte do Brasil.

Até hoje são os maiores veículos de transporte que, apesar da baixa velocidade, conseguem transportar volumes que nenhum outro modal tem capacidade.

A economia mundial continua utilizando o navio como principal veículo de carga no século XXI e alimentos, petróleo, matéria-prima, bens de consumo e equipamentos tecnológicos viajam pelo mundo levando o progresso e desenvolvimento para todos os povos.

Tipos de navios de carga

Os navios são especialmente construídos para atender as necessidades de cada tipo de produto que precisa ser transportado.

Cada qual com sua tecnologia e características próprias, esses gigantes do mar são fundamentais para o mercado internacional.

Os principais são:

Navios de carga geral

São os navios que transportam cargas secas.

Com a chegada dos porta-contêineres, esses deixaram de ser fabricados em função do sucesso obtido com uma nova tecnologia e formato para armazenamento.

No entanto, eles continuam operando, transportando também contêineres, além de mercadorias a granel.

Navio gaseiro

Conhecidos pelo formato de seus tanques arredondados, que ficam acima do convés, os navios gaseiros são aqueles fabricados para o transporte de gás liquefeito de petróleo.

Navio graneleiro

Construído para o transporte de mercadorias a granel, ou seja mercadoria como soja, carvão e todo tipo de produto que é acondicionado nos porões dos navios sem a contagem de unidades, embalagens específicas e identificação de alguma marca comercial.

Navio porta-contêineres

Esses navios são voltados para o transporte de contêineres.

Eles possuem uma tecnologia embarcada para facilitar e agilizar a entrada e saída das mercadorias, portanto, possuem equipamentos específicos para a movimentação desse tipo de armazenamento.

Navio petroleiro

É um navio tanque, construído especificamente e exclusivo para o transporte de petróleo e seus derivados, não podendo ser utilizado para acondicionar outros tipos de líquidos.

Possui características próprias que o diferenciam do navio tanque, apresentado na sequência.

Navio tanque

Como diz o nome, é um navio tanque utilizado para o transporte de substâncias líquidas.

Essas enormes embarcações, que ficam há cada ano mais sofisticadas e mais rápidas, vão sendo fabricadas com tecnologias apropriadas para facilitar o trabalho do homem e atender cada vez melhor o mercado.

Os navios de carga ainda continuarão fazendo parte da vida de bilhões de pessoas em todo o planeta por muito tempo, colaborando e transportando riquezas, mantimentos e produtos para a população de todos os continentes.

Se você gostou desse artigo, que tal conhecer também a respeito de Multimodal e Intermodal: tudo igual e completamente diferente?

2 thoughts to “Desvendando os navios de carga”

  1. olá boa noite quanto tempo leva um naviocom carga de soja de Paranaguá até a china , quanto tempo leva para abastecer o navio de soja e qual o valor do frete do navio ,

  2. É correto o cálculo de que quando importamos um iPhone ($US 2.000,00) precisamos vender um navio de 60 ton de minério ? Nesse caso considerei 30 us$ o custo da tonelada de minério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *