custos de operação do transporte

Os custos de operação do transporte rodoviário

Um dos maiores riscos que qualquer empresário corre é o de não saber quanto custa sua operação.

É a partir dos custos que pode-se desenvolver um planejamento de trabalho e estratégias para que a empresa tenha sucesso e maior lucratividade.

Sem saber o quanto custa manter a sua empresa, não é possível definir os preços de venda e nem acompanhar indicadores fundamentais para a gestão.

Infelizmente, muitas empresas, especialmente na área de transporte rodoviário, aplicam seus valores de fretes em conformidade com o que a concorrência cobra.

É bem verdade que existe uma competitividade muito grande no mercado, mas, é também certo que os custos de sua empresa diferem de outra que atue no mesmo segmento que o seu e preste o mesmo serviço, isso porque cada operação funciona de um jeito diferente.

Esse post mostra todos os fatores que envolvem os custos de operação do transporte rodoviário. Continue lendo e confira!

O que é custo?

Custo, num sentido geral, é o valor pago ao trabalho necessário para a produção de bens ou prestação de serviços.

Os custos de operação do transporte rodoviário são, portanto, os valores pagos para transportar as mercadorias de um lugar a outro de forma legal e atendendo todos os requisitos exigidos pelo mercado.

Vale lembrar que transportar mercadorias não se resume a coletá-las, transportá-las e entregá-las a seu destinatário.

Existem muitas atividades intermediárias que fazem parte desse processo e que elevam os custos dessa movimentação.

É preciso entender quais valores são esses e de que maneira eles implicam no valor do frete.

É possível compreendê-los dividindo da seguinte maneira:

Custos fixos

Os custos fixos são aqueles que não variam conforme a distância percorrida pelos veículos, ou seja, independente do caminhão ou operação estar ativa ou não, os custos fixos existem e precisam ser pagos.

Alguns deles:

  • Licenciamento dos veículos;
  • Aluguel de galpão;
  • Salários dos motoristas;
  • Salários do pessoal da oficina;
  • FGTS e INSS do salário dos envolvidos no transporte;
  • Seguros.

Custos variáveis

Já os custos variáveis são aqueles que mudam de acordo com o número de quilômetros rodados, citando alguns exemplos:

  • Combustíveis e lubrificantes;
  • Revisões;
  • Pneus;
  • Impostos sobre vendas;
  • Peças.

Além dos custos associados diretamente aos processos de transporte, existem outras despesas que são necessárias e que também devem fazer parte do orçamento.

Despesas

As despesas não estão ligadas diretamente à atividade fim da empresa, mas sem elas a operação não funciona, pois, sequer poderá existir.

Alguns exemplos:

  • Salários do pessoal administrativo, vendedores, limpeza, etc.
  • Aluguel de escritório administrativo.
  • Material de expediente;
  • Investimentos em marketing.

Ainda a parte de tudo o que foi visto, existem outros gastos que são relacionados diretamente com o valor dos veículos e das cargas e que também precisam ser levados em consideração.

Custos de gestão e gerenciamento de riscos

Os custos de gestão e gerenciamento de riscos diminuem possíveis prejuízos da operação em casos de acidentes, avarias e roubos, onde podemos destacar:

  • Indenizações não cobertas pelos seguros;
  • Prêmios de RCTRC;
  • Segurança interna;
  • Investimentos em sistemas de segurança e tecnologia.

Ainda há os custos relacionados à operação.

Outros custos de operação do transporte rodoviário

Ligados ao processo e serviços de transporte, os custos de operação do transporte rodoviário também precisam ser considerados:

  • Custos de armazenagem de carga;
  • Cubagem, quando o veículo lota sem ter completado o total da pesagem;
  • Devolução de mercadorias;
  • Re-entregas;
  • Veículos parados;
  • Restrição de trânsito e dificuldades com a entrega.

Para ajudar, montamos um infográfico com todas essas informações.

Vale lembrar que são apenas alguns exemplos e que a operação da sua empresa precisa ser levada em conta na hora de entender o cenário do seu negócio.

Como se observa, os gastos relacionados com a operação do transporte rodoviário precisam ser cuidados detalhadamente para garantir o sucesso da operação e a rentabilidade do negócio.

A CARGOBR pode ajudar sua transportadora na busca por bons clientes.

Na plataforma da CARGOBR milhares de embarcadores acessam diariamente com objetivo de encontrar fretes e serviços de transporte para todo o Brasil.

Acesse o site e conheça mais a respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *