Vender mudou! Mas você sabe como?

Vender mudou! Mas você sabe como?

A tecnologia revolucionou a forma como a qual as pessoas consomem todo e qualquer tipo de coisa, de conteúdo a bens de consumo. E com isso, mudou também a forma de vender. Mas você já parou para pensar como? Isso pode influenciar diretamente nos seus resultados.

Vender antigamente x Vender hoje

Antigamente, era comum que as empresas não se preocuparem em manter uma relação de proximidade com seu cliente, pois a escassez de recursos e meios do cliente pesquisar e comparar produtos, de certa forma, permitiam que marcas mais famosas monopolizassem o mercado.

Quer um exemplo? As marcas Gillete, Bombril, Leite Moça e Band-Aid, por exemplo, viraram sinônimos de produtos. Hoje, o processo é completamente diferente, pois o cliente não precisa nem mesmo sair de sua casa para comprar.

Segundo uma pesquisa feita pela consultoria TNS Research International, 90% dos brasileiros costumam consultar sites na internet antes de fazer uma compra e comentam suas experiências sobre produtos e serviços. Ou seja, precisamos lidar com clientes cada vez mais informados e exigentes.

Temos mais dados que comprovam isso:

  • Dados do portal Mobile Time mostram que 41% dos consumidores brasileiros já utilizam aplicativos para fazer compras (AliExpress, OLX, Uber e iFood são apenas alguns dos aplicativos de compras virtuais que mais têm se popularizado entre os usuários);
  • Os brasileiros estão entre os consumidores mais engajados na internet, 4 entre 10 dos consumidores brasileiro afirmam que usam as redes sociais para recomendar uma marca para amigos e parentes;
  • Um levantamento do Ibope Media apontou que 22% dos brasileiros fazem buscas de produtos até mesmo durante a compra.

E sabe o que isso representa para você? Representa que cada vez mais você e a sua empresa precisam se preocupar com a experiência de comprar do seu consumidor, que vai além de entregar um bom produto. Um produto ou serviço personalizado, um atendimento de qualidade, uma entrega rápida e um relacionamento com a marca, é uma exigência do consumidor de hoje.

Como vender para o consumidor de hoje?

1. Conheça BEM o seu produto

Muitos empresários se concentram em técnicas de venda e nas características de seus produtos e serviços, quando deveriam se concentrar em quais problemas o seu produto/serviço resolve para o cliente.

Ter domínio sobre essas informações fazem o cliente perceber que o vendedor possui realmente autoridade sobre o que está falando e oferecendo, e isso facilita muito a venda.

2. Defina e estude o seu consumidor

Identificar um público-alvo específico irá ajudar a refinar sua estratégia de venda e obter resultados melhores e maiores. Entendendo melhor quem é o seu cliente e o que ele quer, você estará melhor preparado para entregar o que ele precisa (e isso também gera insights para melhorar os seus serviços – o que está intimamente ligado a dica 1).

3. Estreite e reforce a relação com os seus clientes

Invista em relacionamento. Pergunte como foi a compra do cliente, peça feedbacks sobre o seu produto, mantenha-o perto.

4. Use e abuse da internet

Barata, cheia de gente e fácil de usar. A internet é hoje a principal mídia para as pequenas empresas que querem aparecer. Fazer um vídeo da sua empresa e postar na internet já vira uma grande propaganda do seu produto.

5. Venda perguntando e não respondendo

Essa pode parecer complexa, mas na verdade é super simples: foque em saber o porquê dos seus potenciais clientes comprarem. Para descobrir isso, você vai ter que fazer algumas perguntas, terá que ouvir mais do que falar.

6. Treine seu time

Para vender mais e melhor, você precisa treinar sua equipe. Mas, como você vai treiná-la se você não entende sobre vendas? É preciso se manter atualizado, buscar qualificação, aprender sobre vendas e sobre o que se vende, entender melhor seus clientes e dedicar-se a eles.

7. Acompanhe os resultados

Uma das formas mais eficientes de vender mais e melhor é acompanhar os resultados. Acompanhando os resultados você consegue ajustar a estratégica sempre que for necessário. Vale a pena registrar esses dados para compará-los ao alinhar a sua estratégia.

Nossa última dica de ouro é: trabalhe a sua abordagem de vendas. Não sabe como? Leia então:

Elevator pitch: venda sua ideia em segundos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *