transporte rodoviário

Transporte rodoviário: o mais utilizado no Brasil

A importância do transporte rodoviário no Brasil é tão grande que uma greve como a que passamos em 2018, literalmente para o país.

Com mais de 1.700.000 quilômetros de estradas, aproximadamente 60% de todas as mercadorias movimentadas no Brasil utilizam o transporte rodoviário para atender a demanda.

O Brasil possui a quarta maior rede de estradas do mundo, sendo esse o principal meio de transportes de cargas e passageiros do país.

Neste post você vai conhecer o transporte rodoviário, o modelo mais utilizado no Brasil. Confira!

Tipos de transportes no Brasil

O Brasil possui outras opções de transporte, além do rodoviário que será detalhado a seguir.

Mas, eles são pouco utilizados se comparadas ao rodoviário, principalmente em função dos baixos investimentos por parte do Governo Federal. São elas:

Transporte Aéreo

Utilizado basicamente nas capitais e principais cidades do país, este modal tem no custo o seu maior entrave e acaba dependendo do transporte rodoviário para a entrega ao cliente final.

Transporte Ferroviário

É utilizado, em regra geral, para o transporte de minérios e grãos.

A malha ferroviária brasileira é a mesma, em termos de tamanho, utilizada no início do século XX. Timidamente este modal vai chamando a atenção, uma vez que os custos de manutenção são menores.

Transporte Aquaviário

Também pouco utilizado a nível nacional, tem destaque especialmente na Região Norte do país, onde as rodovias são poucas e muitas vezes sem condições de tráfego.

O tempo de transporte é um dos maiores entraves para o desenvolvimento.

Transporte Dutoviário

Muito pouco explorado no Brasil, trata-se do transporte de materiais via tubulação, que é instalada no subterrâneo, no mar ou ainda pelas vias aéreas. O gasoduto Brasil-Bolívia é um bom exemplo de transporte dutoviário e um dos maiores do mundo.

Por que o sucesso do transporte rodoviário no Brasil?

Na década de 1920, durante o governo de Washington Luís, ocorreram os primeiros investimentos em rodovias no país.

Em 1926, o Brasil construiu a rodovia Rio-São Paulo, que até o ano de 1940 era a única rodovia pavimentada no país.

Mas, foi no governo de Juscelino Kubitschek (1956 à 1961), com a chegada da indústria automobilística, que as rodovias começaram a surgir em todas regiões do Brasil.

Curiosamente, a substituição das ferrovias pelas rodovias eram tidas como um avanço tecnológico e de modernização.

O fato é que brasileiro gosta e sempre gostou de dirigir e as rodovias se espalharam de tal forma que o transporte rodoviário se transformou nos caminhos do progresso e dos negócios.

Vantagens e desvantagens do transporte rodoviário

As vantagens sobrepõem as desvantagens em relação ao transporte rodoviário no Brasil, uma vez que os investimentos realizados em outros modais de transporte de carga no país recebem ainda menos atenção do que a destinada a infraestrutura das estradas.

Vantagens:

  • Malha rodoviária extensa, atendendo praticamente todas as cidades do país;
  • Burocracia mais simples do que a de outros modais de transporte;
  • Facilidade para contratar os serviços de transporte e flexibilidade no que se refere às rotas.
  • Infraestrutura melhor do que a de outros modais de transporte.

Desvantagens:

  • Falta de segurança e possibilidades maiores para o extravio de cargas (roubos e acidentes);
  • Tempo de entrega é maior do que em algumas outras modalidades de transporte;
  • Baixa capacidade de carga;
  • Custos de transporte, pois envolvem pedágios e combustível caros.

O futuro do transporte rodoviário

O que pode trazer grandes impactos positivos no futuro do transporte rodoviário é o desenvolvimento de novas tecnologias que começam a serem experimentadas em alguns países.

Apesar de ainda estarmos distantes desta realidade, a utilização da energia elétrica em substituição aos combustíveis atuais, ou de alguma outra alternativa que preserve o meio ambiente e diminua os custos é uma realidade em muitos países.

Outra possibilidade que as indústrias estão avaliando e testando são os veículos autônomos, ou seja, sem motorista e que podem rodar sem paradas para descanso e refeições.

A empresa alemã Mercedes Benz já produz sua primeira linha de caminhões autônomos, e os Estados Unidos já possui caminhões com essa tecnologia trabalhando em extração de minérios.

Mas, enquanto o futuro não chega, uma das melhores opções do mercado para atender as necessidades de transporte rodoviário, com agilidade, segurança e preços justos está na CARGOBR.

A CARGOBR contribui efetivamente no sucesso do transporte rodoviário brasileiro, apresentando, através da tecnologia, soluções que contribuem com o mercado, quando o assunto é cotação e a busca pelo melhor custo benefício. Faça seu orçamento gratuito agora mesmo!

2 thoughts to “Transporte rodoviário: o mais utilizado no Brasil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *