Roubo de cargas – perigo maior em rodovias principais

Uma análise mais aprofundada dos dados sobre ocorrências e estatísticas sobre roubos de cargas no modal rodoviário (embora números sejam confusos, esparsos e, por vezes, controversos) aponta que, ao contrário do que possa parecer, a incidência de roubos e assaltos é consideravelmente maior em rodovias com grande movimentação e policiamento nos estados mais desenvolvidos do país. Em São Paulo, por exemplo, tanto dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) Leia Mais

Roubo de cargas: prejuízos de R$ 1 bilhão

Os prejuízos com o roubo de cargas no Brasil já superam R$ 1 bilhão, de acordo com estimativas e levantamentos de entidades do setor. No último balanço fechado pela NTC Logística, para 2011, prejuízos chegaram a R$ 920 milhões em mais de 13 mil ocorrências no país. Desse total, mais de 50% no estado de São Paulo e praticamente 85% apenas na Região Sudeste. O roubo e receptação de Leia Mais

Para Denatran, elevar traseira é ilegal

A despeito da moda de elevação de traseiras entre caminhoneiros, as alterações efetuadas sem critério ou acima da média são consideradas ilegais pelo Denatran e, inclusive, podem ocasionar multas. Para o órgão, a elevação de traseiras feita sem critério é ilegal e fere o artigo 8º da resolução 292/08 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que diz ser proibida a alteração das características originais das molas. Para o caminhoneiro que efetuar a mudança, é possível enquadramento no artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), adverte o próprio Denatran. Leia Mais