Documentos fiscais para o transporte de cargas

Documentos fiscais para o transporte de cargas

Quando você faz uma compra pela internet, precisa enviar ou receber alguma mercadoria, provavelmente você envia por Correios ou transportadora, certo? Mas, os Correios não servem para tudo, fique atento.  Ao enviar alguma mercadoria por transportadora, você sabe quais os documentos fiscais para o transporte de cargas? Vamos ajudar!

Sabemos que o Brasil é um dos países mais burocráticos, há muitos impostos e muitos documentos que precisam ser emitidos para o recolhimento desses. Com o transporte de cargas não é diferente, é preciso ter um planejamento para essa etapa não sair de controle. Uma etapa importante desse planejamento é providenciar os documentos fiscais para o transporte.

Vamos começar?

Documentos emitidos pelo remetente da carga

Alguns documentos precisam ser emitidos pelo remetente da carga, ou seja, aquele que está enviando a mercadoria.

Nota Fiscal Eletrônica ou NF-e

A nota fiscal é obrigatória não só para o transporte, mas para toda compra e venda de produtos e até mesmo para prestação de serviços. A Nota Fiscal Eletrônica é emitida e enviada pela internet, assim fica muito mais simples você arquivá-la para futuro acesso e para fins de fiscalização. Carga sem nota? Pode começar tudo de novo.

Saiba mais sobre os quatro tipos de nota fiscal existentes.

Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica ou DANFE

Como falamos acima a Nota Fiscal Eletrônica é online, ou seja, só existe digitalmente. Mas, para transportar um produto, você precisa da nota fiscal física. O DANFE é a nota fiscal impressa, ele serve para comprovar o recebimento do produto pelo destinatário e é o comprovante que sua carga tem nota fiscal.

Documentos emitidos pela transportadora

A transportadora também tem obrigação de emitir alguns documentos para poder transportar a sua carga.

Conhecimento de Transporte Eletrônico ou CT-e

Esse é um dos documentos fiscais para o transporte mais importante. Esse é um documento que equivale a uma nota fiscal de prestação de transporte de carga.

Como esse é um documento muito importante para todos os prestadores de transporte, fizemos um post especial para ele. Conheça um pouco mais sobre o conhecimento de transporte CT-e.

Alguns dados específicos devem estar descritos na nota fiscal, para ser possível o transporte dentro do que a legislação obriga. Confira quais são esses dados através desse post.

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico ou DACTE

Esse documento é o CT-e impresso. Ele é o comprovante que o seu produto está sendo transportado com CT-e, ou seja, seguindo a legislação.

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais ou MDF-e

O Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais é o documento que vincula os dados dos documentos anteriores à carga que será transportada. Deve ser emitido pelas empresas prestadoras de serviços de transporte quando há mais de um Conhecimento de Transporte Eletrônico em um único transporte. Ele é emitido e arquivado eletronicamente e deve ser emitido logo em seguida do CT-e. O MDF-e é válido para todos os estados brasileiros.

É possível encontrar mais informações sobre o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais pelo site da SEFAZ-SP.

Documento Auxiliar do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais ou DAMDFE

Esse documento é a parte impressa do MDF-e, serve para acompanhar a mercadoria transportada em caso de fiscalizações.

Ficou com alguma dúvida? Conte com a CARGOBR!

admin
thiago.paim@cargobr.com
1Comentário

Postar Comentário