como calcular o frete

Como calcular o frete?

Uma dúvida muito comum quando o assunto é logística, é em relação a qual a melhor maneira de enviar um produto para o cliente.

Um fator decisivo quando se fala em entrega de mercadoria é o preço e, geralmente, existem muitas dúvidas em como calcular o frete.

Notícias relacionadas informam que é comum o cliente desistir do negócio quando verifica o valor do frete, inclusive, esse é um dos principais motivos do abandono do pedido no e-commerce.

Embora o meio mais comum de frete seja o rodoviário, por meio de uma transportadora, os Correios também realizam serviços de transporte de mercadorias.

No tocante das transportadoras, a verdade é que não existe uma fórmula definida para esse cálculo, porque as mesmas utilizam variáveis para chegar ao valor final do frete.

Mas, é possível fazer uma estimativa com base em alguns fatores que vamos mostrar nesse post.

Quer saber como calcular o frete? Continue lendo!

Como calcular o frete dos Correios?

Como citamos, os Correios também realizam o serviço de transporte de mercadoria.

Para fazer o cálculo do frete cobrado pelos Correios, a entidade disponibiliza em seu site uma ferramenta para chegar a esses valores.

Basta acessar essa página, informar os dados solicitados para se chegar a uma estimativa muito próxima do valor, o que já será bem útil para se ter uma base de comparação em relação ao preço de uma transportadora, por exemplo.

Como calcular o frete feito pelas transportadoras?

Existe uma tabela de frete emitida pela ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres para ser seguida por parte das transportadoras, que leva em conta o tipo de carga e a distância percorrida.

No entanto, para se tornarem mais competitivas, as transportadoras primeiramente analisam o tipo de carga para esse cálculo:

Carga fechada

Carga fechada é aquela em que a mercadoria ocupa todo o caminhão ou maior parte dele e vai direto a um único destinatário.

Nesse tipo de carga fica mais fácil conseguir bons preços, mas, de qualquer forma, serão levados em consideração para calcular o frete e chegar ao valor final:

  • O tamanho do veículo que será utilizado para o frete;
  • A distância percorrida para a entrega;
  • A classificação da carga como, por exemplo, se ela é valiosa, perigosa, perecível, etc.

Carga Fracionada

No processo de carga fracionada um mesmo caminhão é utilizado por diversos clientes para levar várias encomendas menores aos seus destinos diferentes.

Chegar no valor do frete de uma carga fracionada é um pouco mais complexo, porque deve-se levar em conta:

  • O peso da mercadoria;
  • O espaço que a embalagem ocupará no caminhão;
  • A distância percorrida.

Embora sejam distintas, tanto a carga fechada como a fracionada tem uma base inicial, mas de qualquer forma, para calcular o frete em ambas são usadas outras variáveis.

Quais variáveis são consideradas para calcular o frete?

Não se engane, calcular o frete não é uma tarefa fácil, porque para chegar ao valor final é preciso cruzar dados relacionados ao tipo de serviço de transporte contratado, ao tipo de frete e às características da carga.

Vale lembrar que cada transportadora adota seu sistema de variáveis para calcular o frete, bem como os métodos aplicados.

Para que se tenha uma base de como calcular o frete, abaixo elencamos as variáveis mais comuns e usadas para determinar o preço de uma carga e você vai perceber que elas têm muito a ver com o tipo de frete usado.

São elas:

1 – Frete peso

Imagine uma carga repleta de pacotes de algodão.

Por certo, a carga completa o caminhão, mas tem pouco peso.

Por outro lado, uma barra de ferro, certamente, ocupará menos espaço que o algodão, mas encherá o caminhão mais rápido devido ao seu peso.

Nesse caso, o valor do frete é definido pelo maior valor entre o peso bruto e o peso cubado.

2 – Frete Valor

No caso de frete valor, o cálculo se baseia no valor mencionado na nota fiscal do produto.

Quanto maior o valor da mercadoria mais valiosa a carga é, por isso, em alguns casos, tem escolta, o que precisa ser levado em conta na hora de calcular o frete.

3 – Mudança de transporte

Na maior parte dos fretes contratados pela transportadora, são utilizadas as rodovias para chegar ao destino final.

Mas, existem exceções e, em alguns casos, há necessidade de fazer travessia somente por meio de balsas e esse fato também acrescenta na hora de calcular o frete.

4 – Classificação da carga

Para transportar uma carga delicada como flores ou mercadoria frágil como cristais, há necessidade de embalagens especiais e reforçadas.

Produtos perecíveis também exigem toda uma estrutura de refrigeração e manuseio por parte da transportadora e esse também é um fator determinante na hora de calcular o preço do frete.

5 – Condições para a entrega

As condições, quer seja de trafegabilidade, de segurança ou de prazo, também influem na hora de calcular o frete.

Como conseguir os melhores preços para o seu frete?

Saber aproveitar o tempo e onde estão as melhores opções de preços de fretes é uma necessidade de qualquer empresa.

A CARGOBR disponibiliza uma plataforma gratuita e online com cotações em tempo real das maiores transportadoras do país e para todos os tipos de cargas.

Entre no site e veja como é fácil economizar e lucrar mais utilizando as melhores transportadoras do país com segurança, qualidade e bom preço!

Praticidade para resolver problemas: conheça a Matriz GUT

Quando o assunto é gestão, muitas estratégias são sugeridas para você organizar o seu dia a dia. Entre as possibilidades está a Matriz GUT, uma ferramenta que permite tomar decisões inteligentes, pois ajuda a identificar o que é prioridade e deve ser resolvido de imediato. Ou seja, de forma racional auxiliar na decisões da empresa. Tem este nome pois suas iniciais significam:  

  •        G – gravidade,
  •        U – urgência,
  •        T – tendência.

Os responsáveis por criar a Matriz GUT são Charles H. Kepner e Benjamin B. Tregoe, dois grandes especialistas em assuntos organizacionais.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o conteúdo que preparamos para tirar todas as dúvidas e ajudar nos desafios profissionais. Leia Mais

Conheça todos os tipos de transporte de carga

Quando se fala em fretamento de cargas ou mercadorias, há uma série de fatores que devem ser levados em consideração para que o transporte ocorra de maneira segura e adequada. Atualmente, no Brasil, o meio mais utilizado para envio e recebimento de produtos é o rodoviário. No segmento existem diversos tipos de transporte de carga.

É importante conhecer todas as modalidades, para entender em qual categoria o produto que você deseja enviar se enquadra. Para ajudar em uma melhor compreensão sobre o assunto elaboramos este guia, com informações bem completas, assim você pode tirar todas as suas dúvidas. Confira!

Leia Mais

Logística para o final de ano: 5 dicas para se preparar e não atrasar entregas

Faltando poucas semanas para o Natal, começa o período de compras para presentear amigos e familiares. Para quem é do varejo, a época é sinônimo de atenção quanto à logística para o final de ano.

Afinal, além de uma grande procura de produtos pela festividade natalina, após esse período muitos fornecedores entram em recesso na última semana do ano, assim como nos primeiros dias de janeiro. Por esses motivos, é preciso estar preparado para não deixar faltar mercadorias.

Para auxiliar na organização da logística para o final de ano, elencamos algumas dicas importantes. Assim, você não vai esquecer de nenhum detalhe e seus clientes estarão satisfeitos em receber os produtos na data programada e com a qualidade de sempre. Leia Mais

Entenda a importância do tacógrafo para o serviço de frete

Quem atua na área de logística conhece muito bem a funcionalidade e a aplicação do tacógrafo. E quem não trabalha neste setor, mas usa o serviço de frete com frequência também deve conhecer o equipamento. Ele funciona, basicamente, como uma espécie de “caixa-preta”, que armazena dados importantes a respeito do percurso, da velocidade e do tempo de trajetos percorridos por motoristas e condutores.

Leia Mais