Carga fracionada – mercado ainda mais aquecido em 2015

|
publicado: 12/12/2014
just_in_time_23830895

Carga fracionada – mercado ainda mais aquecido em 2015

O mercado de cargas fracionadas, a despeito da concretização da crise que se aproxima ou não, deverá estar ainda mais aquecido em 2015. A despeito da atenuação no crescimento do PIB, vendas e negócios online continuam a subir, demandando recursos cada vez maiores no setor de cargas fracionadas e expressas. O varejo também mantém alguma alta e a população deixou de comprar bens mais caros, porém com uma poupança maior, o volume de compras de itens menores e eventuais deverá subir.

Para quem já assistiu a uma alta de, em média, quase 20% nos preços médios do frete para cargas desse tipo em 2014 deve esperar por novas altas ao longo do próximo ano. Negociação e poder de barganha serão os únicos aliados dos embarcadores para tentar compensar os maiores custos que se aproximam. A demanda é tanta que, para quem é capaz de notar, inúmeros donos de peruas e pequenos caminhões voltaram a realizar “carretos”.

Cotação online

Não é apenas porque realizamos esse serviço aqui na CARGOBR, mas se você nunca realizou cotações de preços de fretes online, talvez seja a hora de começar. As cargas fracionadas são o grande filão desse novo canal e, com o enorme número de transportadoras que oferecem lances, as probabilidades é de que excelentes preços e condições possam ser encontrados de modo rápido e fácil.

Em 2015, reforce o número de pedidos de cotação com o uso da internet. Ainda que você as utilize inicialmente apenas como fonte de referência para chegar a valores razoáveis de mercado, em algum momento pode decidir que a prática compensa. A cotação online faz exatamente aquilo que seu assistente fazia ao ligar para dezenas de transportadoras – contudo, sem gastos de ligações, salários e sem ter de esperar dias ou semanas até juntar um número razoável de propostas.

Fatores de crescimento

Além do varejo eletrônico e do aumento no número de itens embarcados, alguns outros fatores devem contribuir para um maior mercado de cargas fracionadas no próximo ano:

  • Logística reversa e transporte de resíduos sólidos;
  • “Atomização” das encomendas – compras menores e mais frequentes;
  • Ampliação de operações de menor porte de importação e exportação;
  • Desenvolvimento de mercados no interior do país;
  • Maior oferta de itens online.

Para quem já começou a se organizar e manter uma boa lista de fornecedores, 2015 pode ser um ótimo. Para os atrasados, é melhor começar a correr e seguir algumas dicas para 2015.

banner

Um comentário

  1. Valelog

    21/01/2016 as 18:25

    Favor informar email da área comercial da sua empresa para envio de proposta comercial. Obrigada!

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>