Acabe com as principais dúvidas sobre frete

Acabe com as principais dúvidas sobre frete

Você já ouviu falar em transporte de carga ou simplesmente frete. Mas, na prática, sabe exatamente o que é e como funciona? Para desvendar os mistérios desse serviço tão importante dedicamos este texto especialmente a você.

1. Qual a diferença entre carga fechada e carga fracionada?

Carga dedicada ou fechada é aquela que lota o caminhão com pertences de um único remetente a ser entregue para o mesmo destinatário.

Já a carga fracionada é caracterizada por conter mercadorias de vários remetentes e destinatários.

2. Quais as etapas do transporte de cargas?

O processo do transporte é complexo e composto de muitas fases. Vamos conhecer as mais importantes.

2.1 – Coleta dos materiais

Retirada das mercadorias no local de origem, juntamente com a nota fiscal – cuja emissão e dados são de responsabilidade da empresa contratante. A carga pode ser levada diretamente para o destinatário ou para a transportadora, onde se juntará a outros carregamentos para serem consolidados e preparados para viagens mais longas.

2.2 – Transporte

Trata-se do deslocamento da carga do local de origem até o destino final. Para diminuir a possibilidade de perdas durante o transporte, as prestadoras deste tipo de serviço costumam usar softwares que acompanham entrada e saídas de mercadorias, monitoramento de carga, entre outros recursos.

2.3 – Entrega da carga

Nesta etapa o produto pode ir direto do caminhão para o consumidor final ou chegar em locais de concentração de cargas para distribuição em veículos menores. O essencial é que ele chegue intacto e o cliente fique satisfeito!

3. Como é definido o valor do frete?

O cálculo do frete inclui tributos como ICMS e pedágios, mas também se baseia em outras variáveis.

3.1 – Peso

Definido com a relação entre o peso bruto e o peso cubado da carga, prevalecendo o maior valor entre os dois. Ou seja, se o espaço utilizado pela carga for maior que o seu peso, o custo será cobrado a partir do espaço ocupado no caminhão.

3.2 – Valor

Baseado no que é informado na nota fiscal. Quanto mais valiosa a carga, maiores os riscos, sendo necessárias providências como escolta, o que encarece o frete.

3.3 – Distância

Quanto maior for o percurso percorrido, mais alto será o custo do transporte – em função, principalmente, do combustível e do desgaste de peças do veículo.

3.4 – Taxas

Algumas transportadoras cobram taxas como dificuldade de entrega (difícil acesso ou local perigoso), de reentrega (no caso do cliente estar ausente e precisar retornar), entre outras. Isso precisa ser verificado no momento da contratação.

4. Como embalar os produtos a serem transportados?

Cargas embaladas inadequadamente são as principais causas de avarias nos produtos. Alguns cuidados precisam ser tomados para garantir que eles cheguem perfeitos em seu destino.

4.1- Proteja cada item individualmente

Abuse de plástico bolha ou de isopor, papelão e até mesmo tecidos macios para proteger as peças.

4.2- Escolha as caixas adequadas

Caixas de papelão podem ser amassadas durante o transporte, portanto, se o produto for sensível, o ideal é usar caixas rígidas.

4.3- Sinalize a fragilidade da carga

Garanta que qualquer pessoa que tiver contato com o material tenha consciência dos cuidados a serem tomados.

4.4- Acomode a carga adequadamente

A carga precisa estar firme, evitando deslizar pelo caminhão causando estragos. E sempre que produtos forem removidos, é preciso reorganizar a carga que restou dentro do caminhão.

Você notou que muito detalhes envolvem os serviços de transporte de carga, sendo necessária uma boa pesquisa antes de definir qual empresa fará o frete de suas mercadorias.

Contar com especialistas em logística facilitará demais esse processo, dando maior segurança e garantindo o melhor preço. Você está buscando um parceiro nessa área? A CARGOBR terá grande satisfação em ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *