7 dicas para lidar com transportadoras

7 dicas para lidar com transportadoras

Com o advento da busca de fretes online, empresas de pequeno e médio porte passaram a contar com uma gama muito maior de fornecedores no segmento logístico à sua disposição e também com serviços mais baratos e customizados. Entretanto, problemas ainda existem e há bons e maus fornecedores. Para reduzir inconvenientes e manter seu relacionamento e também o atendimento por parte de transportadoras sempre vantajoso para o seu negócio, alguns cuidados e condutas são fundamentais.

A CARGOBR listou algumas dicas para você que tem que lidar diariamente com prestadores de serviço na área de transportes e empresas de logística.

Contratos

Sempre que um relacionamento com uma transportadora se tornar frequente, a melhor dica é colocar todos os termos descritos em um contrato de prestação de serviços. Evite contratos “padrão” que não dizem nada e acordos “de boca”. Um contrato, ainda que simples, pode poupar sua empresa de problemas e oferecer proteção e respaldo contra problemas que frequentemente ocorrem no segmento de cargas, como atrasos e extravio e roubo de produtos. Um bom contrato, além do escopo do serviço a ser prestado, deve conter alguns itens primordiais:

  • Alocação de recursos – exija contratualmente recursos mínimos para atender à sua empresa. Descreva ou peça que sejam descritos os recursos a serem alocados para você, como tipo e tamanho de veículos de carga, aparelhos e máquinas para embarque, desembarque, embalo e movimentação, funcionários envolvidos e outros.
  • Multas – insira multas e penalizações para quebra de contrato ou prejuízos causados à sua empresa que sejam de responsabilidade da transportadora.
  • Atendimento – peça que os horários de atendimento, canais e tempos de resposta máximos estejam todos descritos e detalhados em contrato.

Organização

Se você pretende que uma transportadora atenda seu negócio de forma rápida e eficiente, deve você mesmo manter uma boa organização nos pedidos e remessas que fizer ou receber. Planeje e mantenha listagens e cronogramas com suas futuras remessas e recebimentos – isso facilitará não apenas sua vida, mas dará à transportadora tempo e espaço para dispor dos recursos e pessoal que são necessários para atender à sua demanda.

Pesquisa

Mesmo que você já possua bons parceiros no segmento de transportes, nunca deixe de procurar outras oportunidades. Acordos mais vantajosos ou um atendimento melhor em determinado local ou circunstância podem ser conseguidos, a despeito de você já ter um parceiro ou dois. Aliás, use ferramentas de frete online – de preferência a da CARGOBR, é claro – para ampliar seu portfólio de fornecedores.

Negociação

Apesar de possuírem médias de mercado bastante precisas, os preços dos fretes não são de forma alguma “tabelados”. Sempre negocie, regateie, peça bons prazos e condições de pagamento, tentando lidar individualmente com cada pedido ou contrato, reduzindo gastos para sua empresa e até mesmo melhorando seu relacionamento com os principais fornecedores na área de fretes e transportes. As ferramentas de cotação online são uma parte importante nessa negociação – ainda na fase de pedido de cotação, diversas empresas estarão competindo para oferecer a você melhores preços e condições – aproveite essa oportunidade para tornar você também sua empresa mais competitiva e reduzir seus gastos com a movimentação de cargas.

Comunicação

Essa dica é válida não apenas para o relacionamento com fornecedores, mas também com clientes e prestadores de serviços de outras áreas que não a de transportes. Sempre mantenha um bom canal de comunicação, além de enviar para seus fornecedores na área de cargas informações completas a respeito de cada lote, produto ou remessa. Você não estará fazendo nenhum “favor” para essas transportadoras, mas sim evitando problemas de perda, extravio e equívocos que afetarão a você próprio e seus negócios.

Documentos

Do mesmo modo, mantenha toda a documentação de seus lotes e cargas sempre em dia e de acordo com a lei, exigindo o mesmo das transportadoras que prestarão serviços para você. Algumas empresas de pesquisa e cotação de fretes online, como é o caso da CARGOBR, oferecem apoio na checagem e verificação da documentação de produtos, remessas, veículos envolvidos no transporte e também empresas transportadoras. Todos os operadores logísticos presentes no banco de dados da CARGOBR são constantemente verificados e checados em relação à sua situação e documentação, mas ainda assim você deve exigir e verificar sempre toda a papelada envolvida em suas necessidades de carga.

Checagem e verificação

Checar tudo mais de uma vez não faz mal a ninguém. Verifique sempre se embalagens e produtos estão corretamente dispostos, se todos estão discriminados na documentação, se não há falhas ou equívocos nos lotes separados… ou seja, cheque com especial atenção tudo aquilo que pode dar errado antes mesmo de repassar o serviço para uma transportadora parceira. Problemas acontecem, mas muitas vezes não são de responsabilidade do transportador. Para garantir que a empresa de transportes possa realizar seu trabalho de acordo com as expectativas, verifique tudo que for de sua responsabilidade antes de entregar seu produto ou carga nas mãos de uma transportadora ou empresa de logística.

banner

admin
thiago.paim@cargobr.com
4 Comentários
  • Alessandro Guglielmelli da Silva
    Posted at 01:38h, 03 outubro Responder

    As transportadoras antes de fechar qualquer contrato,tem que analisar primeiro antes de assumir responsabilidades,se ela tem condições fisicas,tecnologicas e humanas para prestar o serviçoque esta em pauta,outra coisa ver se o contrato que vai assinar esta dentro do seu planejamento,ánalisar quais os seus direitos e deveres para não gerar multas.
    Já o contratante avaliar se a empresa é idonia no mercado se seus profisionais são qualificados para transportar as suas mercadoria,se o seu equipamento caso caminhões são novos,se a empresa não tem muitos processos trabalhista,na hora de fazer o contrato tomar cuidado com as multas para não acarretar probmas futuros,e não ser mal vistos pelo seu cliente final.

    • admin
      Posted at 16:48h, 03 outubro Responder

      Alessandro, obrigado pelo seu comentário. Realmente essa análise é muito importante para ambas as partes. Abraço, equipe CARGOBR.

  • 7 maneiras de reduzir custos com logística - Blog CARGOBR
    Posted at 16:09h, 19 novembro Responder

    […] sazonais da indústria na qual você atua. Para não pagar mais do que deveria, você precisa fechar contratos com transportadoras e operadores logísticos que ofereçam alguma flexibilidade, permitindo a você ampliar ou reduzir o número de remessas e o […]

  • ComercialData.com.br
    Posted at 04:55h, 08 outubro Responder

    Estou entrando em contato para informar que já está disponível o Anuário de Empresas Brasileiras 2014.

Postar Comentário