5 tendências que vão mudar a cara dos transportes

5 tendências que vão mudar a cara dos transportes

Muito se fala atualmente de mobilidade – tendências que irão modificar, em um futuro próximo, a forma com que as pessoas se locomovem. Porém, pouco se comenta a respeito de como essas novas tendências influenciam a indústria de fretes e o segmento de logística, e como teremos de fazer para nos adaptar a elas. A CARGOBR resolveu destacar cinco tendências importantes que afetarão o mercado de fretes e, consequentemente, também o seu negócio.

Comunicação móvel

Os celulares e dispositivos móveis vieram para ficar e irão, nos próximos anos, ganhar ainda mais espaço em aplicações empresariais. Hoje usados basicamente para a comunicação via rádio (como a Nextel), telefone ou apps de mensagens e sociais, esses dispositivos devem, em pouco tempo, ser usados também para a transferência de dados, documentação, imagens e vídeos e até mesmo dinheiro entre os vários elos da cadeia logística. Mesmo como embarcador, qualquer estratégia e decisão a ser tomada daqui para frente deverá contemplar ou ao menos considerar o uso de sistemas para plataformas móveis. Desde apps de rastreamento e localização até sistemas de pagamento para custas de pedágio, combustíveis e hospedagem, os celulares serão, na verdade, um dispositivo fácil de controle e gestão.

Restrições de velocidade

A grande maioria das cidades brasileiras, a despeito do maior trânsito, também está diminuindo os limites de velocidade dentro do perímetro urbano. Pode parecer uma medida pouco efetiva, mas o fato é que viagens mais lentas (e percorrendo maiores distâncias, com anéis viários) tendem a tornar entregas e remessas urbanas mais demoradas. Em outras palavras: seu planejamento vai ter de melhor para levar tudo isso em conta. Além disso, o aumento das restrições pode gerar uma maior incidência de multas e, consequentemente, problemas e disputas com funcionários e caminhoneiros independentes. Caminhões menores e mais fáceis de manobra também irão se beneficiar dos novos congestionamentos que surgirão.

Meio ambiente

A preocupação ambiental já virou um valor intrínseco em produtos e serviços. Daqui para a frente, você como embarcador terá de adicionar mais uma variável à equação na hora de buscar fornecedores e parceiros no campo logístico. Verificar frotas e caminhões, instalações e, em alguns casos, certificados, será do interesse de sua empresa e, em alguns casos, um atributo a ser cobrado por parte de seus clientes.

Robótica

Os drones têm avançado muito e já realizam entregas nos EUA, além de estarem em testes por várias empresas brasileiras. Contudo, eles sem dúvida são apenas o começo: caminhões que rodam sem motoristas, sistemas de triagem sem interferência humana, unidades automatizadas de storage… tudo isso deixará de ser assunto de revistas de ciência e passará a integrar nosso cotidiano muito em breve. Quem é esperto, começa desde já a se adequar a essa realidade.

Pulverização

Ter bons parceiros é importante, mas o seu bolso é a maior preocupação em termos empresariais. No campo do trabalho ou na prestação de serviços, a tendência é de que os famigerados contratos-padrão cedam terreno a contratações “spot” e pulverizadas, para cada rota ou “missão”. Comece desde já a engrossar sua carteira de fornecedores na área de transportes e não deixe, é claro, de utilizar a CARGOBR para reforçar suas cotações e seu banco de dados de transportadoras.

banner

 

admin
thiago.paim@cargobr.com
Sem Comentários

Postar Comentário